Sahifa fully responsive WordPress News, Magazine, Newspaper, and blog ThemeForest one of the most versatile website themes in the world.

Evite as dolorosas câimbras

O sucesso da Copa do Mundo de MTB no Brasil
1 de maio de 2022
Um entregador com bicicleta elétrica, realizando uma entrega para um cliente
As e-bikes e o futuro das entregas
5 de junho de 2022

Evite as dolorosas câimbras

Desde pessoas sedentárias e até atletas consagrados, ninguém está livre de ter câimbras. Então, se você quer aprender a evitar esses movimentos involuntários dolorosos dos músculos, leia o artigo de hoje até o final.

1. Blog 15-05-22

Câimbras não são um problema exclusivo de ciclistas. Todos podem sentir essa dor incômoda. Elas podem acontecer a qualquer momento, inclusive em pessoas saudáveis. É uma dor intensa provocada por contrações involuntárias de um ou mais músculos, repentinas e prolongadas. As contrações deixam à mostra os músculos e tendões contraídos. Usualmente ocorrem nos membros inferiores como espasmos, mas podem ocorrer nos músculos superiores.

As causas de câimbra mais comuns são:

“1. Uso exagerado da musculatura: seja pela prática de atividade física ou esporte; ou até mesmo mesmo escrever, digitar e excesso.

  1. Desidratação: a água facilita as contrações e o relaxamento das fibras musculares e dos tendões. A falta dela deixa-os mais sujeitos a espasmos.
  1. Baixas temperaturas: o frio faz com que a musculatura fique mais tensa e contraída, o que facilita a ocorrência de espasmos das fibras musculares.
  1. Má circulação: nos mais velhos, o estreitamento das artérias que irrigam os membros inferiores pode provocar câimbras, quando a musculatura é usada com mais intensidade.
  1. Compressão de raízes nervosas: artroses e perda de elasticidade dos discos que ficam entre as vértebras da coluna lombar podem comprimir os nervos, que saem para inervar os membros inferiores, e provocar dor. Essa dor fica mais forte à medida que a pessoa anda e pode adquirir as características típicas das câimbras. No entanto, ela melhora quando a coluna fica ligeiramente flexionada para frente, por exemplo, na posição que a pessoa assume ao empurrar o carrinho do supermercado.
  1. Carência de sais minerais: falta de potássio, cálcio ou magnésio na dieta pode estar por trás de quadros de câimbras frequentes. Inclusive, pessoas hipertensas que tomam diuréticos geralmente perdem potássio e podem ter mais câimbras.
  1. Outras causas: portadores de diabetes, anemia, insuficiência renal, doenças da tireoide, degenerações neurológicas, desequilíbrios hormonais e mulheres grávidas estão mais sujeitos a desenvolver episódios dolorosos de câimbras.”*

Portanto, para prevenir essas contrações dolorosas, é importante que você beba bastante água, principalmente antes de praticar atividade física. Faça alongamento antes e depois de qualquer exercício. Aliás, se os espasmos ocorrem durante a noite, alongue-se antes de dormir. Além disso, tenha uma alimentação balanceada, rica em frutas e verduras para garantir vitaminas e sais minerais para um bom funcionamento muscular. E, se ainda sim, você tiver uma câimbra, o mais indicado é realizar alongamento e massagem. Por fim, o calor local é eficaz na prevenção de câimbras musculares noturnas em idosos. Não deixe de comentar com o seu médico se você apresenta cãibras frequentes, pois em alguns casos esse sintoma pode representar algum problema de saúde.

Gostou?…então, curta, comente e compartilhe!

*Fonte:

Bruna, Maria Helena Varella. Câimbra. Site Drauzio Varella, 2021.

Disponível em: https://drauziovarella.uol.com.br/doencas-e-sintomas/caimbra

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *