Sahifa fully responsive WordPress News, Magazine, Newspaper, and blog ThemeForest one of the most versatile website themes in the world.

Bicicleta impossível de ser roubada?!

Quem está acostumado a circular de bike por aí sabe da dificuldade de encontrar um lugar seguro para deixa-la. Apela-se para correntes, cadeados, implorar para deixar em algum local no trabalho… E o medo de alguém quebrar a trava e levar a bicicleta intacta?

Acontece que cansados de sofrer com problemas parecidos com esse, engenheiros chilenos desenvolveram o Yerka Projetc. A ideia de partida era simples: uma bicicleta impossível de ser roubada! Eles desenvolveram um sistema de fixação em que você utiliza peças da própria bike para prende-la em postes. Resolvendo assim a questão de “quebrar a corrente e levar a bicicleta” afinal, no sistema desenvolvidos por eles, o ladrão teria que quebrar um pedaço da bicicleta e não conseguiria sair andando com ela (nem teria mais porque roubar, não é?).

bike presa

Parece dar um trabalhão né? Que nada! Os criadores dizem que em menos de 20 segundos você desliza duas partes da estrutura da bike e utiliza o cano do assento para conectar e prender essas duas peças, permitindo que você trave sua bicicleta tanto em postes mais finos ou árvores e outras estruturas mais grossas.

Além disso, a engenhoca tem outro diferencial: o sistema de assento de liberação rápida se torna um atrativo e não um problema, já que o banco é uma das peças mais roubadas quando o ladrão não quer, ou não consegue, levar a bike inteira.

disenio5

E é claro que além de tudo isso, os caras também pensaram no design porque não queriam que a bike perdesse o estilo urbano. Visualmente ela se parece com uma bicicleta tradicional mas é a bicicleta mais segura que você já viu, pode ter certeza!

Ficou com vontade de ter uma assim? Infelizmente esse projeto ainda é um protótipo que procura financiamento para ser produzido e vendido em massa. Esperamos então o dia que ela aparecer no mercado não é?

 

Conheça mais sobre o projeto aqui: yerkaproject.com/

 

Fonte: Revista Galileu

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *